terça-feira, 2 de setembro de 2014

Viver...
E aproveitar tudo!
Como aproveitar tudo?
Como saber passar por emboscadas?
Ou como saber a hora certa de se libertar?
Criada num lar de muito amor,
Sofri com as verdades do mundo desde muito pequena.
Nao havia filtro.
Ouvia tudo
Guardei tudo.
E hoje sou o que sou rs
Sou o que tudo aquilo fez com o que eu me tornasse,
Forte
Talvez muito em algumas horas
E talvez pouco para outras
Mas forte.
Geniosa, aah, isso sem duvidas.
E fria,
A bobona aqui nao acredita num amor sincero,
Nunca acreditou,
Nunca teve porque acreditar.
Então nao me peça pra mudar,
Não me peça pra ser quem não sou.
Se contente.
Me faça acreditar.
Não vivo apenas de palavras.
- iorgut